domingo, abril 23, 2006

A Sopa 05/40

Vejam só.

Eu ia começar escrevendo o que o dia 23 de março representa na minha história, até que me dei conta que hoje é vinte e três de abril. O tempo realmente voa.

Isso significa que em pouco mais de dois meses estarei de volta ao Brasil para começar de novo, em vários sentidos, o mais evidente o profissional. Além disso, a proximidade do meu retorno ao pampa exige que esse se torne mote das minhas reflexões com maior freqüência. Algumas questões surgem, então.

Primeiro quanto à forma, ao humor, de minhas reflexões, o tom que darei a elas. Provavelmente será um misto de melancolia por partir e alegria antecipatória pela volta para casa. Vou deixar uma cidade e um país com quem tenho uma relação surgida na vida adulta, madura. Nada das lembranças de infância que – por menos que sejam – sempre são romantizadas. Uma relação desenvolvida e fortalecida aos poucos, um passo depois do outro, com prudência e parcimônia. O cuidado que devemos ter em todas as relações que criamos.

O que implica dizer que já sinto falta de Toronto, e da família que tive por aqui. Éramos cinco, agora somos seis, e me sinto realizado por ter sido capaz de contruir amizades tão legais como as que surgiram por aqui, que me fazem planejar diversos retornos para onde ainda estou.

Vou falar muito disso e outras idéias relacionadas em sopas de um futuro próximo. Agora não tenho tempo para essas idéias. O final de semana começou com reunião com os recém chegados ao país Pedro e Zeca para decidir o nosso roteiro para a semana que vem, em que passearemos aqui por perto. A dúvida inicial era se tínhamos tempo para ir até Halifax, no extremos leste do país, o que se mostrou inviável para apenas uma semana de viagem em que também vamos passar pela capital, por Montreal, Quebec e ainda pegar um pouco dos Estados Unidos, ali pelo Maine, Vermont, talvez Massachusetts.

Depois disso, saímos no final de manhã chuvoso de Toronto, e acabamos no Roger’s Centre, antigo Skydome, almoçando no Hard Rock Café enquanto assistíamos ao Blue Jays vencerem os Red Sox de Boston pela Major League of Baseball. Uma surpresa que foi agradável, e bem melhor que a minha experiência anterior com jogos de baseball, no já longínquo 2004.

Depois caminhanda via P.A.T.H. até o Eaton Centre, de onde voltamos para casa. Amanhã, segunda, pegamos o carro e seguimos em direção ao nosso primeiro destino, Ottawa.

As reflexões, saudades e melancolia ficam para outro dia, agora é hora de cair na estrada (claro que, com o laptop, vamos procurar manter os registros de viagem o mais em tempo real possível…

Até.

5 comentários:

Ana disse...

Boa viagem,

E cuidado com as estradas molhadas :)

Luly :) disse...

Boa viagem!! E nos conte tudo! :)

Bjos

biel disse...

=p

Queila disse...

Quem sabe dessa vez a gente consiga agendar alguma coisa aqui em Mtl.
;)
Q

Monique disse...

Vou sentir saudades dos éramos 5,6. Curtam bastante a viagem e tire bastante fotos !!!!