sexta-feira, junho 23, 2006

Um

Os últimos sete dias, a última semana.

Sexta-feira que vem, viajo de volta para o Brasil.

Começar de novo. Uma vez mais.

Não como foi chegar aqui. Agora é diferente. Volto para casa, ao convívio da família, o reencontro com os amigos. Parece que nem todos os amigos estão lá, mas isso é outra história, uma outra sopa. Enfim, volto para Porto Alegre e tudo o que ela representa: aquilo que define quem sou e de onde sou.

Não vou falar das minhas ansiedades, do que me espera na volta. Não importa. O que importa é quem me espera.

Pronta-Entrega*

Sou das manhãs dessa cidade
Na meia-estação
E em plena liberdade
Reluzindo a Redenção

E sou do céu do fim da tarde
Do roxo e carmim
Do sol virar saudade
Levitando a multidão
E posso assistir

No ar, bem devagar
No ar, fácil de ver
Noir, prêt-à-porter
No ar, fácil de amar

Eu sou da cor da humanidade
Sou mané, sou
Serena esquerda vencedora
Sou maré vermelha a festejar

No vaivém dessa calçada
De quem vai
De quem vende felicidade
Algo está pra acontecer
Posso sentir

No ar, bem devagar
No ar, fácil de ver
Noir, prêt-à-porter
No ar, um jeito de ser

E quando essa mulher passeia
Seu charme chanel
De inteira divindade
Sei que estou no meu lugar
E gosto de estar

No ar, bem devagar
No ar, fácil de ver
Noir, prêt-à-porter
No ar, fácil de amar

* Nei Lisboa

Até.

4 comentários:

Allan Robert P. J. disse...

Estou curioso para saber como será o novo nome do blog com a nova situação. Mande notícias.
:)

Anônimo disse...

Vamos retomar os encontros das últimas quintas-feiras do mês? Confirmamos na chegada. Vitor.

Jacque Rizzolli disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Jacque Rizzolli disse...

Meu amor,
Parece mentira que agora faltam apenas 7 dias para tua chegada...Foram 22 meses e 14 dias de "exílo", um tempo que parecia interminável! Eu sei que, como diria o Nei Lisboa, "Todo Brasil quer te ver de volta", mas podes ter absoluta certeza que eu sou a pessoa que mais anseio por isso...
Retomar nossa vida, nossos bons momentos, nossa parceria de 11 anos, que na verdade só ficou ainda muito mais forte com esse afastamento forçado! Estou contando os minutos prá tua chegada...vê se volta logo!
Te amo cada dia um pouquinho mais (mas vê se não vai ficar muito "espaçoso" no meu apartamento, hein?) rsrsrsrs...
Beijos e saudades, da tua Jacquezinha