sábado, fevereiro 05, 2005

Carnaval

No Brasil, começou o carnaval.

Aqui em Toronto, nada, exceto pelo Superbowl no domingo, que nem é aqui, é na Flórida. Tudo bem, carnaval é como o vestibular (?): tem todo o ano.

Falando em carnaval, acho que as melhores músicas de carnaval são as velhas marchinhas, quase todas compostas antes dos anos cinqüenta do século passado. Tem uma – contudo – mais recente, composta pelo Chico Buarque, que me fez constatar: tenho saudade dos carnavais que não vivi.

Ei-la, então (gravação em dueto com a Elis Regina - imagine um baile de carnaval de salão):


Noite Dos Mascarados

Quem é você?
Adivinha se gosta de mim
Hoje os dois mascarados
Procuram os seus namorados
Perguntando assim

Quem é você?, diga logo
Que eu quero saber o seu jogo
Que eu quero morrer no seu bloco
Que eu quero me arder no seu fogo

Eu sou ceresteiro, poeta e cantor
O meu tempo inteiro só penso no amor
Eu tenho um pandeiro
Só quero um violão
Eu nado em dinheiro
Não tenho um tostão
Fui porta-estandarte, não sei mais dançar
Eu, modéstia à parte, nasci para sambar
Eu sou tão menina
Meu tempo passou
Eu sou Colombina
Eu sou Pierrot

Mas é Carnaval, não me diga mais quem é você
Amanhã tudo volta ao normal
Deixa a festa acabar
Deixa o barco correr
Deixa o dia raiar
Que hoje eu sou da maneira
E você me quer
O que você pedir, eu lhe dou
Seja você quem for
Seja o que Deus quiser
Seja você quem for
Seja o que Deus quiser

Um comentário:

Monique disse...

Oi Marcelo; Eu não tenho seu e-mail , nem seu telefone, pois gostaria de te chamar amanhã, domingo de carnaval, para almoçarmos lá no Sharkeys e depois dar uma volta no High Park. A Ana e o Alessandro irão também, e aí topas ???