quinta-feira, fevereiro 17, 2005

O caminho

Lembro de um dito: “se seguirmos os caminhos que os outros seguiram, chegaremos onde os outros chegaram”. E não é essa a intenção. A idéia sempre foi seguir o meu próprio caminho, aquele que eu defini a partir do que é realmente importante (claro que a partir de um ponto da estrada não estava mais andando sozinho…). O caminho foi difícil, algumas vezes, mas a caminhada vale.


The Long and Winding Road

The long and winding road
that leads to your door
Will never disappear
I've seen that road before
It always leads me here
Lead me to your door

The wild and windy night
that the rain washed away
Has left a pool of tears
Crying for the day
Why leave me standing here
Let me know the way

Many times I've been alone and
Many times I've cried
Anyway you'll never know the
Many ways I've tried but

Still they lead me back
to the long winding road
You left me standing here
A long long time ago
Don't leave me waiting here
Lead me to your door

4 comentários:

Monique disse...

Oi Marcelo; Concordo com vc, cada um tem que trilhar seu próprio caminho e não ser apenas mais um na multidão. Abçs,

Allan Robert P. J. disse...

...O que não quer dizer que o próprio caminho não pode ser o caminho que outro alguém já está trilhando. Somo seres que só sobrevivem em sociedade e os caminhos a escolher não são tantos assim.
Ciao

Luly :) disse...

Oi, Marcelo!

Realmente eu to tentando trilhar meu caminho... tá sendo difícil, mas vai valer a pena!

Valeu pela força!!
Espero que tudo se resolva...

Bjo

Luly :)

Lucix disse...

Oi Marcelo,

Sem dúvida, que é mais dificil (e bota difícil nisso) trilhar o proprio caminho mas, de uma forma ou de outra, sempre vale a pena!

Beijos!