terça-feira, fevereiro 28, 2006

Carnaval (final)

Terça-feira gorda.

Em homenagem à data, gorda, resolvi almoçar em dois lugares no mesmo dia: primeiro, fui no MacDonald’s e comi dois Big Macs, com batatas fritas grandes e refrigerante não diet. Saindo dali, fui a uma pizzaria e pedi uma pizza quatro queijos grande, que comi sozinho. De sobremesa, um milk shake grande e, para arrematar, um café latte large, com açucar e um toblerone.

Mentira.

Não comi isso não.

Minha homenagem à terça-feira de carnaval.

Até.

Soneto de carnaval*


Distante o meu amor, se me afigura
O amor como um patético tormento
Pensar nele é morrer de desventura
Não pensar é matar meu pensamento.

Seu mais doce desejo se amargura
Todo o instante perdido é um sofrimento
Cada beijo lembrado uma tortura
Um ciúme do próprio ciumento.

E vivemos partindo, ela de mim
E eu dela, enquanto breves vão-se os anos
Para a grande partida que há no fim

De toda a vida e todo o amor humanos:
Mas tranqüila ela sabe, e eu sei tranqüilo
Que se um fica o outro parte a redimi-lo


*Vinícius de Moraes

2 comentários:

Monique disse...

Nossa, se vc tivesse comido tudo isso mesmo eu ia ficar assustada !

Ursula disse...

Olha, não me pergunte como eu vim parar aqui no seu blog. Mas só sei que me comoveu muitíssimo a postagem do Soneto de Carnaval do Vinicius. Tem muito a ver com o que eu vivi no Carnaval e o que estou a enfrentar depois dele.