sábado, novembro 20, 2004

Sábado (12)

Chove em Toronto. Dia adequado para as lides domésticas. Então, vamos à faxina…

Continuo esperando O Frio, aquele de que todos falam, que deve ser escrito assim, com maiúsculas e tudo. Quando comento que vou ao Brasil em duas (duas!!) semanas, à trabalho (uma meia verdade, mas não vem ao caso), me perguntam porque não fico lá até terminar o inverno aqui… brincadeira, claro.

Faz frio aqui, tanto quanto faz em Quebec e Montreal, mas parece que não neva tanto, o que é meio decepcionante, afinal eu vim para cá, no fundo, foi para pegar muita neve… Tinha pensado em ir para a Finlândia, mas o idioma ia atrapalhar um pouco…

De qualquer forma, me disseram que o local mais frio de todo o Canadá é a esquina da College St com a University Ave, onde "encana" o vento que vem do lago, bem ali, onde saio do metrô para chegar ao hospital e é o caminho que faço entre o hospital e o GAGE, que é um laboratório onde analisamos as amostras que coleto no nosso laboratório no Respiratory Research Lab. Pois é, eu coleto as amostras no hospital e vou caminhando até o GAGE, onde elas são analisadas. É bom, no meio ou final da manhã, dar uma caminhada na rua. Vamos ver quando chegar O Frio…

Outro dia conto a vocês no que exatamente estou trabalhando. Por agora quero comentar apenas que ontem tive o meu primeiro acidente no laboratório. Calma, não incendiei nada. Foi comigo mesmo, e uma agulha. Ia fazer uma coleta, me preparei, uma mão segurando a seringa e outra o objeto de minha coleta. Introduzi a agulha, que transfixou o objeto de coleta e entrou fundo no polegar da minha mão esquerda. Sem demonstrar o menor sinal de dor, retirei a agulha que estava inserida fundo no meu dedo e, instintivamente, levei o dedo à boca, porque sangrava. Nesse momento me dei conta do que estava fazendo.

Várias coisa passaram pela minha cabeça numa fração de segundos, AIDS, hepatite B, outras infecções. Mas só por um instante, porque depois me dei conta que estava sozinho usando material estéril (que não pode ter filhos…) para coletar soro fisiológico para preparar uma nebulização. Sem stress…

Agora, depois da faxina, hora de encarar um chuvinha, almoçar e passar no supermercado.

Até.

4 comentários:

Robson Marcos disse...

Aventuras canadenses... Amanhã vou pegar uma prainha em Floripa. Brincadeira, risos. Agora, sério, coloque outro sistema de comentários em seu blog. É preciso logar para comentar no Blogger.com. E quem não for usuário? Tenho um blog Douto Mundo no Weblogger. Te encontrei no diretório do Blogs. Se der um tempinho, me visite! Amplexos.

http://www.doutomundo.weblogger.terra.com.br

marcelo disse...

Robson,

Na verdade, não é precisa logar para fazer um comentário. Podes colocar como 'Anônimo' e assinar no texto. É assim que a maioria das pessoas faz.

Valeu pela visita e comentário. Vou conferir o teu blog.

abraço.

Anônimo disse...

Oi, te descobri por acaso no orkut e acabei vindo dar uma passadinha no seu blog.
Realmente esse ano o clima de Toronto está um tanto quanto alterado, ano passado já nevava aí em outubro... fiz intercambio pra aí no começo do ano, mas agora estou de volta aqui no Brasil, estudando medicina na UFRJ. Como você foi parar aí? Porque desde que cheguei aqui no Brasil, a única coisa que fico pensando é em quando voltarei pro canadá pra estudar aí... A maioria das pessoas faz mestrado ou doutorado aí, como você eu acho... Mas eu conheci alguns estudantes de medicina como eu que estavam fazendo estagios de um ou dois meses nas férias aí na U of T ou em hospitais. Sabe de alguma coisa?
Um Abraço e boa sorte com "O Frio", pq ele chega um dia...
Carolina Hammes
(me procura no orkut)

Laila disse...

Oi Marcelo,
Fica tranquilo, acidentes acontecem, mas ainda bem que não foi nada muito sério, né?
Quanto ao Frio... É isso aí, muito respeito com o dito cujo que esse aí chega com toda a força e, como diria aquela música do Ney Matogrosso, "se correr o bicho pega, se ficar o bicho come".
Abçs, Laila.